Treasure Island

Carlos Aragao

(10-17-1959 / Brazil)

Desejo


Eu te amarei de qualquer jeito,
sem controle, exageradamente,
conjugando um verbo quase perfeito,
So para te ter, descansando no meu peito.

Tudo que quero é seu beijo..
seu olhar... seu desejo,
Um carinho na nuca,
e uma razao pra ficar.

Me plantar em você,
e poder me enroscar...
Te quero só pra mim,
desse jeito que é so teu,
Sem pretensão, mas sem dividir
este corpo que agora é meu.

Vou te beijar de maneiras indecentes,
e te possuir através da mente.
Com pele, olhos e dentes,
hoje e eternamente.

Te beijando seio,
boca e ventre,
Escondidos do sol,
mas jamais da lua,
nossa confidente.

Escutando teu sussuro,
que me diz: Sou tua...
E que, intencionalmente,
me inebria.

C.A. & I.C.

Submitted: Monday, January 16, 2012
Edited: Wednesday, January 18, 2012

Do you like this poem?
0 person liked.
0 person did not like.

What do you think this poem is about?



Read this poem in other languages

This poem has not been translated into any other language yet.

I would like to translate this poem »

word flags

What do you think this poem is about?

improve

Comments about this poem (Desejo by Carlos Aragao )

Enter the verification code :

There is no comment submitted by members..
[Hata Bildir]